sexta-feira, 13 de maio de 2011

Em manutenção

Escher

Acompanho ladeira acima o caminhar cansado do vendedor de pipocas. A irritação do casal ao perder o ônibus e a aflição da moça que, por descuido, deixa cair o copo descartável cheio de café. Na outra esquina, um ciclista desequilibra. O homem arruma o boné na cabeça, o cachorro revira o lixo, a menina carrega cadernos e livros. Não os conheço. E, no entanto, suas sombras pesam em minha existência – hoje mais solitária, dada a intransigência das palavras.

P.S. Este post é fruto da greve das palavras, mas teve uma ajudinha do blogger, que estava em manutenção na
quinta-feira...

Um comentário:

Luiz Claudio disse...

Faça a manutenção e volte logo! Bom fim de semana!